Paradiplomacia.org apoya la difusión de libros y toda emisión editorial que contribuya a promover las relaciones internacionales de gobiernos locales y regiones. En esta sección encontrará presentaciones de libros y publicaciones relacionados con las temáticas difundidas por nuestra organización.

Libros > A Cooperacão Descentralizada e Federativa Franco-Brasileira

A Cooperacão Descentralizada e Federativa Franco-Brasileira

Imprimir Por favor piense antes de imprimir Tamaño de letra
A Cooperacão Descentralizada e Federativa Franco-Brasileira

Autor : Confederaçao Nacional Dos Municipios
Editorial : Confederaçao Nacional Dos Municipios
Páginas : 90
País : Brasil

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) continua exercendo seu papel de defender os interesses dos Municípios brasileiros e inova com a dimensão internacional. Os espaços conquistados de representação do movimento municipalista brasileira já chegaram às Nações Unidas, os projetos de cooperação passaram a incluir Municípios pequenos e a demanda crescente por parte dos Municípios agora ganha voz em cartilhas específicas para tratar do assunto.

Desde 2006, a CNM se faz presente nos principais acontecimentos das relações internacionais dos Municípios brasileiros. Assim, em maio de 2009, a CNM participou do primeiro encontro da Cooperação Descentralizada Franco-Brasileira, em Marseille. Na envergadura deste evento, foi constatado que muitos Municípios brasileiros manifestavam interesse peculiar na fomento da cooperação com as coletividades francesas. A CNM assinou, então, já em outubro de 2006, acordo de parceria com a Cités Unies France (CUF), a fim de estimular ainda mais projetos de cooperação entre os dois países com vistas à melhoria da qualidade de vida do cidadão. Como membro do comitê binacional, a CNM participou, ainda, dos encontros e das reuniões que contribuíram para que esse laço de amizade recíproco alcançasse o nível de institucionalização que se tem hoje.

Notou-se, no entanto, a necessidade de realizar uma publicação que pudesse facilitar o processo de cooperação, sobretudo no que tange às diferenças sobre os sistemas políticoadministrativos, o entendimento e as expectativas da cooperação descentralizada e mesmo sobre as distintas organizações de apoio nesses dois países. Um histórico ainda dessa cooperação, intensificada nos últimos anos, colaboraria para a compreensão desse fenômeno por aqueles que estivessem iniciando suas primeiras parcerias. A CNM foi além disso, analisou a situação quantitativa e qualitativa dessa cooperação, ouvindo diretamente os atores responsáveis por sua execução.

A presente cartilha traz todas essas perspectivas com soluções de gestão pública para aprimorar a eficiência dos projetos propostos entre coletividades locais.

No marco do ano da França no Brasil, esta publicação vem somar aos resultados das diversas atividades realizadas entre governos locais desses dois países. Lançar esta cartilha no âmbito da XII Marcha, mais especificadamente no dia da celebração nacional francês – 14 de julho –, é motivo de orgulho para todos aqueles municipalistas que, ao longo de boa parte de sua vida, Coletânea Cooperação Internacional Municipal – 8 – lutaram para a maior autonomia local. Há muito a se aprimorar na cooperação descentralizada, mas sem dúvida este ainda é o melhor modelo para se alcançar desenvolvimento real e sustentável.

Acesse a publicação aqui